?

Log in

No account? Create an account
 
 
24 November 2006 @ 07:54 am
 
Título: It Ends Tonight
Autora: Carolina Barin
Shipper: David/Pierre
Fandom: Simple Plan
Censura: PG-13
Gênero: Slash, Drama, songfic
Terminada: Sim
Pov: David
Capítulos: 1
Beta-reader: Carolina Barin =B~
Disclaimer: Os personagens não me pertencem e essa história não aconteceu
Teaser:
"Eu sentia que até as paredes estavam ganhando vida, e estavam todos
sabendo o que planejávamos."

Your subtleties
Suas sutilezas
They strangle me
Enforcam-me
I can’t explain myself at all
Eu não posso me explicar
And all that wants
E tudo que quer
And all that needs
E tudo que precisa
All I don’t want to need at all
Eu não quero mais precisar

- Esses seus abraços falsos de amor me enforcam. –Eu disse tentando empurra-la de mim.
-Não seja tolo, David. Nunca ninguém negou nada de mim. –Ela respondeu-me como se fosse óbvio.
-Já faz cinco meses que eu nego você, Anne. –Respondi sentando-me no sofá, procurando o controle da televisão.
-Aposto que ele não nega sua esposa. –Ela disse sentando ao meu lado. Eu sorri com sutileza. –Você não se preocupa em saber que ele quebrou promessas?
-Eu não quero mais precisar dessa preocupação. –Respondi calmo. –Não vou mais precisar delas. 

The walls start breathing
As paredes começam a respirar
My minds unweaving
Minha mente se desembaraça
Maybe it’s best you leave me alone
Talvez seja melhor você me deixar sozinho
A weight is lifted
Um peso é levantado
On this evening
Nesta noite
I give the final blow
Eu dou o último suspiro
When darkness turns to light
Quando a escuridão se tornar luz
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite
 
Nós tínhamos um plano. Eu e ele. Era um plano perfeito. Desconfiava que Anne soubesse e estava tentando parecer inocente. Eu sentia que até as paredes estavam ganhando vida, e estavam todos sabendo o que planejávamos.
-No que tanto pensa? –Ela disse me tirando do meu transe.
-Talvez seja melhor eu ficar sozinho. Com licença. –Disse me retirando da sala e indo a direção ao quarto de hospedes. Eu ouvi passos e tranquei a porta. Ela forçou a fechadura três vezes e saiu.

Eu sabia que naquela noite, um peso sairia das nossas costas. E que ao amanhecer, a cortina cinza deste mundo se enrolaria, e tudo se transforma em vidro prata... 

A falling star
Uma estrela cadente
Least I fall alone
Pelo menos eu caio sozinho
I can’t explain what you can’t explain
Eu não posso explicar o que você não pode explicar
Your finding things that you didn’t know
Suas coisas achadas que você não sabia
I look at you with such disdain
Eu olho pra você com tanto desprezo

Direcionei-me a janela. A noite não podia estar mais linda. Um céu estrelado e uma lua crescente. Eu não conseguia explicar o que sentia. Só pensava em como tudo ocorreria. Em como seriamos felizes juntos.

Fiquei a observar a janela de seu quarto por muito tempo. Ele também estava lá, eu não tinha certeza, mas podia perceber que ele me olhava. Eu podia sentir seu cheiro, ouvir sua voz.
-DAVID! VENHA PARA A NOSSA CAMA. –Anne gritou da porta. Abri-a e a encarei.
-Eu vou dormir aqui. –Respondi firme.
-Porque me olha com tanto desprezo? –Ela perguntou-me fazendo sentir pena dela por alguns segundos. 

Não era a primeira vez que ela se fazia de vitima, sempre a mesma ladainha e na outro dia ela voltava a ser a puta desprezível de sempre.
-Boa noite Anne. –E lhe dei um beijo no rosto. O primeiro beijo depois do nosso casamento. Fechei a porta e apoiei minhas costas nela. Escorreguei até o chão. Estava sentindo medo. 

The walls start breathing
As paredes começam a respirar
My minds unweaving
Minha mente se desembaraça
Maybe it’s best you leave me alone
Talvez seja melhor você me deixar sozinho
A weight is lifted
Um peso é levantado
On this evening
Nesta noite
I give the final blow
Eu dou o último suspiro 
When darkness turns to light
Quando a escuridão se tornar luz
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite
Just a little insight will make this right
Só um pouco de perspicácia faria isso certo
It’s too late to fight
É muito tarde para lutar
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite

Quando voltei à janela, vi um vulto saindo de seu prédio. Era ele, eu sabia. Ele fez um sinal. Pulei a janela [n/a: é uma casa, no térreo =_=] e fui ao encontro dele.
-Pierre... –Eu disse enquanto selava meus lábios aos dele. O olhei fixamente. Ele sorriu.
-Vamos? –Ele disse rindo.
-Claro, mon amour. –Disse pegando na sua mão, e rindo levemente.
-Essa será a melhor noite de nossas vidas. –Pierre andava ao meu lado na direção daquele pequeno lugarejo, que ficava perto do mar. Ele parecia animado.
-Eu tenho medo... –Respondi choroso.
-É muito tarde pra lutar, meu pequeno.
-Então, acaba hoje? –Eu perguntei me abraçando nele.
-Será perfeito. –Eu podia o ver sorrir, o que me fez sorrir abertamente.
-Como eu te amo Pierre. –Respondi com a boca próxima à dele.
-Não tanto quanto eu te amo. –Ele disse me beijando. Eu sentia que isso seria a coisa certa a se fazer. 

Now I’m on my own side
Agora eu estou do meu próprio lado
It’s better than being on your side
É melhor do que estar do seu lado
It’s my fault when you’re blind
É minha culpa quando você está cega
It’s better that I see it through your eyes
É melhor que eu veja através dos seus olhos
All these thoughts locked inside
Todas essas verdades trancadas aqui dentro
Now you’re the first to know
Agora você é o primeiro, a saber
When darkness turns to light
Quando a escuridão se tornar luz
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite
It ends tonight.
Isso terá fim hoje à noite
Just a little insight will make this right
Só um pouco de perspicácia faria isso certo
It’s too late to fight
É muito tarde para lutar
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite
It ends tonight
Isso terá fim hoje à noite

- Você vai estar do meu lado, certo? –Eu disse inseguro.
-Estarei do meu lado. –Eu me afastei dele. –Que é o seu lado... –Ele sorriu.
-E se não fosse? –Eu perguntei.
-Aí você estaria sozinho. –Ele respondeu calmo.
-Então eu estou com você. –Sorri e lhe abracei.

Chegamos ao lugar mudos. A nossa frente o sol iria nascer dentro de algumas horas. Estávamos sentados, e lá em baixo de nossos pés estava o mar. [n/a: tipo nesse meu desenho feioso aqui ó: http://i107.photobucket.com/albums/m302/cahbarin101/omg.jpg ]
-Eu não quero que você faça isso por mim. –Ele disse preocupado. –Se você não quiser, pode ir.
-Eu quero, quero fazer isso. Quero mesmo. –Sorri, e o vi sorrir também. Pierre me deu um beijo calmo.
-Olha o sol. Está nascendo. –Ele disse sorrindo e me abraçando. –A escuridão da noite, virou luz. Assim como a escuridão dessa nossa vida vai virar luz. –Ele me fitou. –Você quer mesmo?
-É tarde para lutar. –Eu respondi ficando de pé e sorrindo.
-Seremos cúmplices um do outro. –Ele disse se colocando ao meu lado em pé também.
-O mar será o primeiro que ficará sabendo. –Eu disse olhando o sol.

Ele me beijou novamente. Eu suava frio, e estava tenso. Eu queria continuar, mas tinha medo. Medo da dor, do sofrimento. Medo que algo aconteça errado.
-Eu te amo... Para todo o sempre. –Eu disse.
-Eu também te amo. E irei te amar mesmo depois de hoje.

Pierre foi para trás, me chamou para perto dele e pegou na minha mão.
-Não tenha medo. –Ele disse beijando minha mão.

E então nós corremos. Corremos em direção àquele mar, corremos como crianças. Corremos e pulamos, pulamos o mais alto que conseguimos. E então nós voamos, voamos por alguns longos segundos. E então a escuridão, virou luz. Agora tudo havia acabado. 

Fim
 
 
 
(Anonymous) on April 19th, 2008 02:45 am (UTC)
Num entendii o final..
Eles se suicidaram no final ??
Num entendii ndaa.. :/